Como prevenir e tratar assaduras
24 de abril de 2017
Quais as vacinas que a criança de 1 ano deve tomar?
24 de abril de 2017

 

A anemia é algo conhecido por grande parte da população e mesmo assim o Brasil tem índices assustadores de deficiência de ferro no organismo.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que 30% da população mundial possua algum tipo de anemia, e que esse índice chegue a 50% em crianças menores de 2 anos.

A anemia pode ser determinada por diversos fatores, porém sua principal causa é a deficiência de ferro. Estima-se que 50% dos casos de anemia são consequências da deficiência de ferro. A anemia causada pela deficiência de ferro é chamada anemia ferropriva.

O ferro é um nutriente essencial ao organismo, associado à produção de glóbulos vermelhos e ao transporte de oxigênio dos pulmões para todas as células do corpo.

Os principais sintomas clínicos da anemia ferropriva são: cansaço, palidez, falta de apetite, sonolência e indisposição.

Em crianças, a anemia ferropriva pode afetar o crescimento, a aprendizagem e aumentar a predisposição a infecções.

Quais alimentos são ricos em ferro?

 

Carnes vermelhas

Miúdos de frango

Aves

Peixes

Feijões

Ervilhas

Lentilhas

Aveia

Açúcar amarelo

 

Qual a necessidade de ferro de acordo com a faixa etária?

 

Faixa etária

Consumo de ferro recomendado

0 a 6 meses

0,27 mg/dia

7 a 12 meses

11 mg/dia

1 a 3 anos

7 mg/dia

4 a 8 anos

7 mg/dia

9 a 13 anos

8 mg/dia

14 a 18 anos (menina)

15 mg/dia

14 a 18 anos (menino)

11 mg/dia

– segundo a RDA (ingestão diária recomendada)

Dicas de prevenção

* Dieta equilibrada e rica em ferro é fundamental para prevenir a anemia por deficiência de ferro;

* A adesão ao tratamento é a melhor forma de restabelecer os níveis normais de ferro no sangue;

* Alimentos enriquecidos com ferro (leite, iogurte, pães, cereais matinais, feijão, etc.) ajudam a suprir as necessidades diárias de ferro, que variam de acordo com a idade e o sexo;

* Segundo a Associação Paulista de Medicina, o ferro é melhor absorvido em jejum e juntamente com alimentos ricos em vitamina C (laranja, goiaba, morango, limão, agrião, pimentão, vegetais verde escuros), e alimentos amargos (como a alcachofra, jiló e agrião).

 

 

carlos
carlos
Médico Pediatra formado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Fez Residência Médica em Pediatria pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Membro da Sociedade Brasileira e Paulista de Pediatria. Faz parte do Corpo Clínico dos Hospitais Albert Einstein, Sírio Libanês e Santa Catarina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *