Sinais e Sintomas mais comuns na criança de 1 ano
24 de abril de 2017
A arte de contar histórias para crianças com dicas práticas
24 de abril de 2017

A hidratação adequada das crianças é um tema muito sério. Quanto mais jovem a criança maior é a quantidade de líquidos que o corpo dela precisa, por isso se ocorrerem perdas acentuadas e/ou a reposição não for feita de forma adequada ocorre a desidratação que pode ter repercussões sérias para a criança.

São situações de risco para desidratação: calor, sol, sudorese intensa, febre, baixa ingestão de líquidos e alimentos, vômitos e diarréia.

Para manter a hidratação adequada fique atento:

 

 

Crianças não devem ficar expostas ao sol entre 10 e 16 horas

 

Mesmo nos horários permitidos, em locais como praia e piscina, as crianças devem ficar protegidas do sol direto (guarda-sol, bonés, roupas claras)

 

Em locais muito quentes não deixe a criança muito tempo brincando em céu aberto. Fracione o tempo para que ela descanse e reidrate-se.

 

Quanto a criança estiver brincando ao ar livre ou mesmo em água chame-a no máximo a cada 15 a 30 minutos para tomar água, sucos naturais ou comer algo fresco como frutas. Eles podem nem perceber que estão com sede quando brincam empolgados.

 

Cuidado com os alimentos oferecidos para a criança, especialmente, em dias quentes. Há maior chance de deteriorarem e com isso levarem a diarréia e vômitos.

 

Se a criança conseguir ingerir líquidos e se alimentar de forma regular durante o dia é possível manter a hidratação de forma adequada. São sinais bons de que ela está se mantendo hidratada é saliva bem fluida, língua e lábios úmidos e diurese clara. A sede já é sinal de que o organismo perdeu um pouco de líquido e que precisa ser reposto.

Os melhores líquidos/alimentos para manutenção da hidratação são aqueles que a criança está habituada a tomar: leite materno, fórmulas infantis, leite, sucos naturais e frutas frescas. Não utilize refrigerantes e reidratantes esportivos, mesmo água de coco deve ser consumida com moderação. Todos essas bebidas contém elevada quantidade de sais como sódio e açúcar o que pode prejudicar mais do que ajudar na hidratação.

carlos
carlos
Médico Pediatra formado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Fez Residência Médica em Pediatria pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Membro da Sociedade Brasileira e Paulista de Pediatria. Faz parte do Corpo Clínico dos Hospitais Albert Einstein, Sírio Libanês e Santa Catarina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *