Estimulando bebês em casa com a música – Parte 1
24 de abril de 2017
O desafio da educação no Séc. XXI
24 de abril de 2017

Muitas mães estão começando a entender melhor a nutrição e sua importância na saúde da sua família. Isso vem acompanhado de muitas dúvidas e algumas vezes de alguns mal entendidos. Nem tudo que é recomendado para adultos pode ser trazido para a realidade da criança.

A criança passa por diversas fases no seu desenvolvimento e cada uma tem uma necessidade especial. Um erro muito freqüente é tentar aumentar o consumo de proteína para os bebês. Os bebês que mamam têm sua oferta controlada pelo organismo materno e as mães não precisam se preocupar com isso, a natureza vai alterando a quantidade de proteína do leite para cada fase da vida.

O colostro tem uma composição diferente do leite e o leite do prematuro é diferente do leite do bebê que nasce no tempo correto.

Já os bebês que tomam fórmula ou já iniciaram a alimentação complementar devem ter uma atenção redobrada de suas famílias para a quantidade e a qualidade da proteína oferecida na dieta. Proteínas em excesso podem levar ao aumento rápido de peso e que pode estar associada a obesidade futura. A falta de algum aminoácido ou até uma quantidade total de proteína abaixo do necessário vão induzir erros no metabolismo e desnutrição.

Parece difícil? Dieta balanceada é mais simples que os modismos que aparecem a todo o momento. A dieta tem que ser variada e sem excessos em todas as idades. A ansiedade das famílias em querer que a criança cresça e inicie a alimentação complementar também pode prejudicar a nutrição.

Uma nutrição balanceada nos primeiros mil dias de vida, período que vai do inicio da gestação até o final do segundo ano, pode modificar até a genética do bebê. Pode proteger durante toda uma vida e cria hábitos saudáveis. Parece ficção científica? Mas é realidade!

Ofereça os nutrientes certos, na quantidade certa e os genes vão se comportar diferente. Eles vão continuar os mesmos, isso ainda não dá para mudar, mas o seu comportamento é alterado de forma permanente quando são expostos aos nutrientes corretos!

Não se culpe se não teve estas informações no período certo. A nutrição tem avançado muito a cada dia, todo dia surgem novidades. O importante é ter em mente que uma dieta balanceada sempre vai estar certa, em qualquer idade. Tente melhorar o hábito de toda a família hoje, não deixe para amanhã. Procure ajuda do pediatra e do nutricionista.

 

 

carlos
carlos
Médico Pediatra formado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Fez Residência Médica em Pediatria pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Membro da Sociedade Brasileira e Paulista de Pediatria. Faz parte do Corpo Clínico dos Hospitais Albert Einstein, Sírio Libanês e Santa Catarina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *