Como saber se meu filho tem talento musical?
24 de abril de 2017
Atividade física no lactente
24 de abril de 2017

Medical exam

Um dos maiores desafios do pediatra ao atender um adolescente é estabelecer limites entre o que deve e o que não deve ser feito em relação às questões de confidencialidade, privacidade e autonomia do adolescente. Isso acontece porque o adolescente pode revelar ao pediatra informações desconhecidas até mesmo para a sua família.

 

A confidencialidade só será quebrada em caso de risco de morte para ele ou para terceiros como: risco de suicídio, doenças graves, procedimentos de notificação compulsória, maus-tratos, intenção de aborto, gravidez, uso de drogas, distúrbios alimentares e crimes.

 

Procedimentos invasivos e intervenções cirúrgicas só podem ser realizados com a autorização dos responsáveis.

carlos
carlos
Médico Pediatra formado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Fez Residência Médica em Pediatria pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Membro da Sociedade Brasileira e Paulista de Pediatria. Faz parte do Corpo Clínico dos Hospitais Albert Einstein, Sírio Libanês e Santa Catarina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *