O que você precisa saber sobre a papinha do seu bebê?
5 de junho de 2017
Sem erros na hora da refeição
6 de junho de 2017

Essa é uma das principais preocupações da família em relação à alimentação da criança nessa idade. Como a criança está crescendo de forma mais devagar do que anteriormente é esperado que o gasto energético seja menor e por isso o apetite também é menor – é uma regulação que o próprio organismo da criança faz. Além disso, a criança está distraída com o “mundo” que ela está entrando em contado.

Características do comportamento alimentar da criança nessa fase são a imprevisibilidade e variabilidade. A quantidade de alimentos oscila muito de refeição para refeição, algumas vezes a criança simplesmente não quer comer, e por vezes, a criança quer aceitar um ou outro alimento durante dias consecutivos – escolhe, temporariamente, alimentos preferidos. Isso pode deixar os pais extremamente preocupados e sem saber o que fazer.

carlos
carlos
Médico Pediatra formado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Fez Residência Médica em Pediatria pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Membro da Sociedade Brasileira e Paulista de Pediatria. Faz parte do Corpo Clínico dos Hospitais Albert Einstein, Sírio Libanês e Santa Catarina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *